Projeto Parto Adequado

Aplicativo fomenta o parto normal e ajuda a dar maior segurança à prática obstétrica

• Com mais de 350.000 mulheres cadastradas no Brasil, o Canguru Gravidez é o primeiro e mais completo app a acompanhar o pré-natal em todas as etapas • O Canguru foi recomendado pelo Projeto Parto Adequado (PPA), uma iniciativa da Agência Naciona

24.08.2018 • Diversos autores

O aplicativo Canguru Gravidez se tornou um aliado das autoridades de saúde para reduzir a epidemia de cesarianas no Brasil. Além de fornecer informações relevantes para a mãe durante a gravidez, o app dá mais segurança para que a gestante escolha o parto vaginal, uma realidade ainda distante para muitas mulheres no país.


“Estamos com uma taxa de 60,8% de parto normal entre as nossas usuárias”, diz o médico de família Gustavo Landsberg, fundador e CEO do Canguru. “Isso significa que as gestantes que usam o app têm 36% mais chances de ter um parto normal que a média nacional.”


O Canguru foi recomendado como boa prática pelo Projeto Parto Adequado (PPA), uma iniciativa conjunta da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), do Hospital Israelita Albert Einstein e do Institute for Healthcare Improvement (IHI), com o apoio do Ministério da Saúde.


Em sua fase “piloto” (fev-2015 a nov-2016), o Projeto Parto Adequado registrou um aumento médio de 16% nos partos vaginais nos 35 hospitais participantes. Novos hospitais foram incorporados desde maio de 2017 – e já apresentam um aumento de 8% nessa via de parto.


Hoje, o app identifica para a gestante todos os 127 hospitais que participam do Projeto Parto Adequado. “Essa identificação mostra para ela que o hospital está comprometido com a mudança do modelo assistencial”, diz Landsberg. “Isso inclui a estrutura física, a capacitação dos profissionais, a forma de remuneração e várias outras ações para fomentar o parto vaginal.”   



A ginecologista e obstetra Rita de Cássia Sanchez, Coordenadora Nacional do Projeto Parto Adequado, dá mais detalhes sobre a parceria do Canguru com o projeto:


Quais são os principais objetivos do Projeto Parto Adequado?

A redução de partos cesárea desnecessários e a diminuição de internações de bebês em UTI Neonatal, aliados à melhoria do cuidado obstétrico às pacientes. Portanto, não se trata de um projeto de aumento de parto normal apenas; é uma questão de segurança da prática obstétrica.


Por que o Canguru foi recomendado como boa prática pelo Projeto Parto Adequado? 

Temos a obrigação de informar cada vez mais às pacientes sobre a importância de entrar em trabalho de parto e os benefícios do parto normal, além da importância de construir seu plano de parto, esclarecer suas dúvidas e de haver mais interação equipe assistencial/paciente. O Canguru é uma ferramenta que proporciona tudo isso.


O Canguru é o único app brasileiro em que a gestante encontra taxas de cesarianas de todos os hospitais do país. Por que esse tipo de informação é relevante? 

Muitas vezes, a gestante tem dúvidas sobre o perfil da maternidade onde terá o bebê. O fato de ter essa informação pode tranquilizá-la ou até fazê-la mudar de local. Acreditamos que a transparência dos dados é a melhor forma de todos crescerem. 


Que outros recursos do Canguru ajudam a reduzir o número de cesarianas desnecessárias? 

A rápida interação da gestante com o médico, com a enfermeira ou até com uma propicia uma diminuição da ansiedade e aumenta seu preparo para o trabalho de parto. Caso a gestante seja de alto risco, o cuidado diferenciado pode propiciar o diagnóstico e tratamento precoces, permitindo que ela chegue ao termo da gestação e tente o parto normal. 


Compartilhe